domingo, novembro 25, 2007

Dead Poets Society

  • ESPERANÇA
  • SONHO
  • TRADIÇÃO

  • "Procurem a vossa própria voz..."
  • "Conheçam-se a vós mesmos..."
  • "Acreditem em vós..."
  • "A RAÇA HUMANA É FEITA DE PAIXÃO..."

Na infância, as figuras parentais representam o caminho a seguir (socialização).

Todavia, cada um de nós é UNO!

As lutas internas entre o que queremos/somos e o que a sociedade impôe, considerando ainda as projecções feitas pelas primeiras figuras de referência, resultam, na maioria das vezes, no caminho do DEVER e não so SER.

Quando alguém chama a atenção e interage para que o conceito do SER víncule, é apelidado de ANORMAL e, frequentemente rejeitado. Porquê?!

A todos os que pela nossa vida passaram e nos fizeram esta chamada de atenção, independentemente de a termos seguido ou não!

18 comentários:

Orlando Nascimento disse...

"Oh captain, my captain..."
Um excelente filme, com uma mensagem de coragem, de força, de inconformismo...

Bruxinhachellot disse...

Somos unos e também somos parte de uma legião, a da amizade.

Beijos brancos.

vsuzano disse...

O ser humano é mesmo feito de sentimentos extremos...

Fernando Pinto disse...

Gosto muito da forma como te exprimes...

Abraço

Å®t Øf £övë disse...

Alexandra,
A vida é feita de sonhos, que compete a cada um de nós transformar em realidade, para que não passem a ser meras ilusões.
Este post, fez-me lembrar a música: "Nasce selvagem"... porque todos nós o nascemos, só que deixamos que a sociedade nos molde à sua maneira, e assim vamos perdendo a liberdade de sermos UNOS, e vamo-nos transformando em seres estereotipados com o passar dos anos, e é muito dificil combater isso.
Beijinhos.

Mocho Falante disse...

somos de facto unos e fazemos parte de uma grande comunidade de unos, mas mesmo assim conseguimos marcar cada um de nós a diferença e é assim que deve ser

beijocas

Maria P. disse...

Excelente reflexão.
Não podia estar mais de acordo.

Beijinho(S).

carteiro disse...

Este filme é tão actual, tão actual que os quase vinte anos que passaram sobre ele não deixam qualquer marca.

Todos somos o que somos, mesmo quando não sabemos o que somos. Esperanças e sonhos... é disso que é feito todo o resto, é daí que sai a poesia com que se descobre o decorrer das vidas. Somos o que somos...

poeta_silente disse...

Ale!
Passei... e deixei minha marca.
Pena que não passes e não deixes marcas nos meus cantinhos.
Mas, quanto ao post ao qual comento no momento, posso garantir que "sou" pois vivo minha verdade. E a minha verdade é aceita. Embora não seja no mundo inteiro, haja vista que este mundo mais ao nosso alcance não entende este tipo de vivência do ser.
O que posso garantir é que o meu "ser" é aceitável. Consegui unir ensinamentos com essência. E nesta intercessão ficou apenas a essência da essência.
Deus te abençoe.
Miriam

Alice Matos disse...

(...)

alexandrecastro disse...

sentimentos....!beijinho

Pedro Arunca disse...

Há dias revi esse filme e deliciei-me.
Unos mas pouco unidos. A divisão faz a forca.
Beijos e saudades.

PostScriptum disse...

Brindemos então a todos/as os que de alguma forma nos mostraram o caminho. Tchim, tchim!

Mary disse...

Quem nos oprime ou quem nos liberta??
Entre o dever e o ser?!
Ser, no que a nos mesmos nos "devemos"...

«Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.»
(Fernando Pessoa )

Sê!

Beijinhos

salexia disse...

Fazes-me pensar nas lacunas que tenho na minha vida!
O filme é lindo, ficou-me a apetecer revê-lo…
O teu post mistura poesia com uns laivos de sociologia:) e acabas duma forma poética por dar uma aula!
Beijo…fiquei a matutar nas não pessoas que passaram pela minha vida e não me fizeram a tal chamada de atenção!

Daniel Aladiah disse...

Querida Alexandra
Belo post! Tudo é verdade...
Festas felizes!
Um beijo
Daniel

carteiro disse...

Deixo-te aqui um beijinho,
espero que estejas bem.

o_cao_que_morde disse...

Está a decorrer uma votação para Os melhor Blogs de 2007
No Blog O Cão Que Morde vota e divulga a iniciativa.