quarta-feira, junho 04, 2008

Amigos



Me Dijo Una Tarde
Me disse uma tarde
da Primavera:
Se buscas caminhos
em flor pela terra,
mata tuas palavras,
ouve tua alma velha.
Que o mesmo alvo linho
que te vista seja
teu traje de luto,
teu traje de festa.
Ama tua alegria,
ama tua tristeza,
se buscas caminhos
em flor pela terra.
Respondi à tarde
da Primavera:
Disseste o segredo
que em minha alma reza:
odeio a alegria
por ódio às penas.
Mas antes que pise
tua florida senda,
quisera trazer-te morta
minha alma velha.

António Machado
Por vezes, já esquecidos de tanto tentar esquecer, algo ou alguém nos surge com simples palavras mas grandes gestos. Não os esperamos, mas adoramos recebê-los... a vida torna-se um pouco menos pesada e o sorriso surge!

Este poema/ sorriso devo-o ao meu amigo RPM do blog
Pontos de Vista que me tem acompanhado desde que abri este espaço. São raras as vezes que nos visitamos, mas os gestos de amizade perduram, mesmo que espaçados no tempo!

8 comentários:

Maria P. disse...

Mas nós sabemos que as pessoas estão ali, não é?:)

Beijinho(S)*

RPM disse...

'ó cara linda e purfueita', como se diz em terceirense açoreano para aqueles de quem gostamos e de que elogiamos......

obrigado, obrigado e obrigado....

agradeço o teu gesto de AMOR...obrigado pela AMIZADE, obrigado Maria P. pela tua amizade silenciosa, nesta teia electrónica que nos pode UNIR, muiiiiiiiiito.

Amo-te rapariga.....obrigado pela tua Amizade.

deste coimbrão, agora,

RPM

Teresa Durães disse...

a felicidade do imprevisto

david santos disse...

Excelente!
Parabéns

Daniel Aladiah disse...

Querida Alexandra
Há amizades que perduram, apesar da ausência...
Um beijo
Daniel

naturline disse...

"Escuta as batidas do meu coração..." La magia de tus sueños, hecha poesìa!
Besos

bodypainting disse...

Excelente!felicidade

sizegain disse...

Saudações
Deveríamos olhar sempre além do horizonte... é lá que se encontra a verdadeira felicidade!
Abraços