terça-feira, fevereiro 24, 2009

Mudança


Tal como referi no post anterior, a resistência à mudança é uma constante na nossa vida. Contudo, por vezes é necessária.

Foi o que fiz com o meu blog. Já o tenho há alguns anos e nunca lhe havia mudado o aspecto pelas mais variadas razões. Como tudo tem uma história, mantive muitas referências que pertencem ao passado mas que fazem parte de mim. Nunca delas me quereria separar!

Não se assustem portanto quando aqui entrarem. Continuo igual, a aparência é que mudou.


"Uma mudança deixa sempre patamares para uma nova mudança."
Niccolo Maquiavel

Imagem: Fragmento da pintura a óleo de Vermeer - The view of Delf. Retirada daqui.

14 comentários:

Luis Portugal disse...

Olá
Blog interessante e simpático, parabéns!
Voltarei com mais tempo
Um abraço de,
Luís Portugal

Isabel José António disse...

Querida Alexandra,

Pois o aspecto está muito bonito! E claro que nunca se perde a essência...

Hoje deixo uma sugestão:

O blogue de uma Amiga, a Liliana da Cidade do Esquecimento:

http://cidadedoesquecimento.blogspot.com/

Um abraço,

Isabel

Maria P. disse...

Gostei! Como me poderia assustar?!:)


Beijinho(S) Muito(S)

Paula Raposo disse...

Pois...eu não. Apaguei tantos blogs como aqueles que criei após...e na vida as mudanças têm que acontecer. Para aprender? Para compreender? Para empreender?! Não sei. Sem mudanças a rotina é demais! Beijos.

Daniel Silva disse...

Obrigado pelo comentário. Agora já posso seguir este blogue devido à funcionalidade que lhe colocou ;)

E vou lê-lo ainda melhor :)

Roderick disse...

!!! Não notei grande mudança. Estava à espera de mais! ;-)

Maria Clarinda disse...

E ficou optimo...sim a essência essa nunca ninguém te tirará...
Jinhos mil

Liliana disse...

Olá.

A resistência à mudança é um facto, mas sem mudança não haveria evolução.
Uma água parada estagna. Viva é a água que corre da da serra e embate em rochas e outros obstáculos pelo caminho...
Obrigada pela sua visita, que aqui vejo, foi recomendada.

Um abraço e vou ver melhor a sua casa, que há muito que não visitava.

Pluma(PrincesaVirtual) disse...

E viva a mudança ;)

Tem piada o livro que andas a ler, que ainda esta semana me aconselharam ....

Beijos

alexia disse...

Não sei se é boa ideia acreditar num gajo com o nome de maquiavel:))).
Eu assustei-me:), fico sempre um pouco tonta qd num primeiro impacto as coisas se alteram mas se garantes que a essência é a mesma...vou acreditar:), até porque mudança têm que ter algo a ver com a fascinante capacidade de adaptação e eu sou uma "adepta, adptante, adpatadora"(???) nata!!:))

Beijo

Mauro disse...

Olá

A resistência à mudança..ao que é diferente..ao desconhecido é algo que vemos em todo o lado..

Desejo-te apenas..continuação de boa viagem..

Ana disse...

É curioso que, quando algo muda na nossa vida, acabamos por querer reflectir essa mudança noutras pequenas coisas, tais como: mudar o corte e/ou cor de cabelo, mudar o tipo de roupa que vestimos, mudar a disposição dos móveis de casa e até mudar as cores do blog!

Não sei se será esse o teu caso... mas eu já me apanhei a fazer este tipo de coisas depois de grandes mudanças na minha vida.
Acho que é um processo de "libertação"...

Beijinhos

Parapeito disse...

..Não conhecia como era antes...mas gosto deste :)
E depois mudar...é preciso...só assim vamos descobrindo novos sentires...
Que a magia continue

***

Anónimo disse...

boring elfrieda impending dance bphs bilaspur affective light drawing ashirwad bowel
semelokertes marchimundui