domingo, setembro 17, 2006

AMIGOS


Há dias atrás fui contemplada com uma cena que, para os que têm o tipo de trabalho que tenho, nem sempre são presenteados com imagens tão lindas como a que vi.
Estava atendendo público, atrás de um balcão, quando um colega me diz que tinha um senhor para atender logo que terminasse de resolver o problema de quem estava comigo. Olhei em frente e, vi uma pessoa invisual. Ok, percebi quem é, pensei eu. Instantes depois, dirigi-me à pessoa que estava à minha espera. Enquanto falava com ele apercebi-me de vários olhares que, ora se dirigiam para ele, ora se dirigiam para o chão. Numa sala onde costuma reinar o barulho, naquele instante o som baixou, as pessoas olhavam e comentavem em voz baixa o que estavam a ver. Intrigada com tanta coisa estranha, enquanto falava com a pessoa, pensava o que se estaria a passar no chão... de repente associei a pessoa invisual a um cão. Seria esse o motivo de tantos olhares e de tantas diferenças de comportamento? Já que não me era possível ver o chão, de imediato perguntei à pessoa se tinha um cão acompanhando-o. Só pela entoação da resposta percebi tudo! Aquela fisionomia que se apresentava à minha frente modificou-se por completo, um largo sorriso lhe apareceu na face e com imensa alegria na voz me disse que sim, tinha com ele uma cadela. Perguntei-lhe qual a raça. A resposta não se fez esperar. Com imensa alegria perguntou-me se queria ver e de imediato se baixou para levantar a sua Amiga. Ao cimo do balcão, aparece-me nada mais, nada menos que um focinho lindo como este. Os olhos eram poços de ternura!!! As lágrimas quase me caiam, quando já com o seu assunto resolvido, a pessoa me agradeceu e saiu calmamente, guiado pela sua cadela, que sem vacilar e num passo muito calmo orientou o seu dono no meio de uma sala cheia de gente, guiando-o para a porta de saída.

Já tinha visto muitos programas na tv sobre estes grandes AMIGOS. Mas uma coisa é ver através do ecran, outra é ver e sentir perante nós, o grande Amor que une aqueles dois seres!

Tenham uma óptima semana!

20 comentários:

Jo§e disse...

Amigos mesmo, é um amor incondicional sem exigir nada em troca.

Um beijo e uma excelente semana.

su disse...

...tenho um "quatro patas" bastante amigo que faz este mês 8anos. Ganhei uma sensibilidade ainda mais diferente às coisas e seres vivos graças a este meu grande amigo. Não consigo pensar nas coisas à minha frente em termos de vida...sem ele, o meu Sky! Compreendo perfeitamente.

xxx

Não estás nada em falta! : )

Beijinhos grandes aqui da Teia.

Isa&Luis disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Isa&Luis disse...

Não te preocupes! A partir de agora só serás «obrigada» a ir ao Virtual quando puderes.(rsrs)

Os cães, pois os cães...Animais fantásticos! Mas não podemos ter a certeza se eles têm os sentimentos que lhes atribuimos. De qualquer modo, e ao contrário dos homens, o procedimento deles é sempre desinteressado.

Um beijo!
Luis

Cadinho RoCo disse...

Só memo quem coinviv na companhia dos cães sabe o quanto eles são importantes, até para que sejamos mais racionais.
Cadinho RoCo
www.balaiodeminas.com.br

redonda disse...

Achei mesmo bonito o que escreveste.

Um beijinho

RB disse...

Há algum tempo que no autocarro que utilizo no regresso do trabalho, vem uma senhora jovem, invisual, com o seu cão. Ele deita-se aos seus pés e vem assim todo o trajecto sem se mexer, ou melhor apenas os seus olhos mexem. E tem esse olhar meigo e vê-se que está consciente do seu papel.Suscita sempre muitos olhares de admiração e carinho das pessoas. Eu, pessoalmente, fico completamente rendida àquele animal.Eles dão-nos uma grande lição.E pensar que há pessoas que os conseguem abandonar!!!
Eu tenho um cão há 8 anos e tal como os outros que já tive, é mais um membro da família.

Por isso percebo o que sentiste Alexandra.
Beijinhos
RB

xano disse...

Que bela homenagem Alexandra...
São fabulosos estes guias, e nem imaginam o quanto são importantes, o que não os impede de fazer e dar o seu melhor...

Bjs

ps - obridado pelo comentário... fico muito contente por também conhecer aquelas palavras. :)

tibeu disse...

Que ternura, tambem a mim me veio a lágrima ao olho, belo texto e super natural, a vidada real assim se podia chamar.
Lindo beijos e continua sempre assim

Nuno Guronsan disse...

Engraçado que acabei de escrever algo que se relaciona com este teu bonito texto. Embora sem fiéis amigos ;) Lamentavelmente moro num apartamento, e como acho que não é o melhor sítio para o espaço que um cachorro precisa, ainda não tenho um amigo canino. Quem sabe no futuro...

Beijokas.

the postman disse...

É caso para dizer que já ganhaste a semana :)
É um relato muito bonito, este.
Tem e mantem uma boa semana.
Um beijinho.

RPM disse...

Alexandra......

eu não tenho uma, mas um cão lindo de morrer e que é um espanto!!!

(claro!!!, se o pai não gaba o seu filho, mal seria....)

ao contrário do da história, o meu é um cão de cheiros....inimigo confesso de gatos e apaixonado pelo seu dono e outro amigo que o dono tem agora a passar uns dias de férias.....este amigo leva-o a passear.....com gosto..

um beijo de amizade e, os cães, são verdadeiros...por isso, o epíteto de Fiéis

RPM

Daniel Aladiah disse...

Querida Alexandra
O melhor amigo :)
Um beijo
Daniel

WALDE disse...

Gosto muito dos caes, sao grandes amigos...
beijinhos

Å®t_Øf_£övë disse...

Alexandra,
Às vezes quando menos esperamos a vida presenteia-nos com momentos como este que aqui descreves, que são momentos do mais terno, e do maior amor puro a que se pode assistir.
Quando somos confrontados com este tipo de momentos, é inevitável sentirmos que nos toca o coração. E a verdade é que esses momentos nos levam a pensar, e a equacionar muitos dos valores que temos presentes no nosso dia-a-dia como sendo os mais importantes.
Bjs.

Luiz Carlos Reis disse...

Os cães, sem qualquer sombra de dúvidas, são os melhores amigos dos homens. Estão sempre dispostos à receber um afago, um carinho, não te magoam, são fiéis e extremamente inteligentes, pois entendem quando estamos aflitos e percebem nossas alegrias...Pulam e latem como se nada tivesse acontecido.Tenho um Pastor Alemão muito dócil e inteligente, excelente cão de guarda...Mas aqui no Brasil a questão do cão-guia para deficients visuais ainda é uma luta que vai longe, uma questão cultural que depende única e exclusivamente de ações do governo.
Abraços e bom final de semana!

Isabel José António disse...

Queridos Amigos,

Depois de umas férias em que não tivemos acesso à Internet, estamos agora há mais de um mês sem computador! O nosso simpático "amigo electrónico" resolveu ter uma "paragem cardíaca" que nos tem impedido de conviver convosco! Estamos a dirigir-vos estas palavras num computador que não é nosso e não sabemos exactamente quanto tempo demorará até regressarmos ao vosso convívio!

Entretanto, fiquem bem neste mundo complicado...

Um abraço,

Isabel e José António

Lisboa 22 de Setembro de 2006

Andr3 disse...

Deve ter sido realmente uma situação reconfortante num dia que talvez até seria normal e enfadonho igual aos outros, não fosse um pormenor de tamanha importância! Nota-se logo quem sente carinho por animais e se deixa deliciar por momentos cm este!
Eu cresci acompanhado de dois cães, duraram 14 anos, qdo os perdi fez total diferença; afinal viveram cmg os melhores anos e momentos!
Em tantas outras alturas se tivéssemos momentos desses não seria uma mais valia para semanas que passam em vão?!;)
Beijo, até depois

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Olá Alexandra!!!

A foto de teu post é mesmo deliciosa!!! A cor do cão é linda. Se fores ao Lâmina D'Água, a uns posts abaixo, encontrarás fotos das minhas guardiãs inseparáveis.

Tenho um amigo que tem um Labrador Retrivier, como cão de guia e são fascinantes. Simplesmente maravilhos e são de fato, os olhos, o olfato e o coração do seu dono. Os nossos também o são, mas os nossos são mais folgadinhos e nós é que fazemos questão de deixá-los assim, manhosos e mais preguiçosos, mas eles não deixam nunca de cuidar de nós...

Vim te agradecer por tua visita ao Lâmina e por tuas palavras sobre o projeto que de fato, é mesmo muito bonito. Estou envolvida em trabalhos e com o agravante de estar temporariamente sem computador e isso, como sabes, atrapalha a minha vida e as visitas aos amigos. Por essa razão, te tenho visitado pouco, mas não esqueço dos amigos e das boas energias. Em breve retornarei do mesmo modo de antes.

Boa sorte e muitas coisas boas pra ti e volte sempre, pois és bem vinda.

Beijo,
Cris

Menina do Mar disse...

Muito bonito! Os animais são nossos amigos incondicionais e vedadeiros.