sexta-feira, setembro 22, 2006

Fresta

Em meus momentos escuros
Em que em mim não há ninguém,
E tudo é névoas e muros
Quanto a vida dá ou tem,

Se, num instante, erguendo a fronte

de onde em mim sou soterrado,

Vejo o longínquo horizonte

Cheio se sol posto ou nado,

Revivo, existo, conheço;

E, inda que seja ilusão

O exterior em que me esqueço,

Nada mais quero nem peço:

Entrego-lhe o coração.

Fernando Pessoa, Ficções do Interlúdio

BOM FIM DE SEMANA

27 comentários:

Tété disse...

Fernando Pessoa, um dos meus preferidos.
Logo hoje (dia complicado em sentimentos e decisões), encontrei aqui algo que retrata na perfeição aquilo que sinto.
Tal como tem acontecido ao longo dos últimos anos, a sintonia continua. Obrigada.

Maria P. disse...

Plena harmonia...

Bom fim de semana:)

the postman disse...

É assim a nossa entrega em momentos frágeis.
Há que nunca esquecer que existe um horizonte.

Bom fim de semana e um beijinho.

pensamentos_vagabundos disse...

lindo:)
e linda a história do cão e o cego:)adoro animais e tenho um cão que até para o trabalho vem comigo heheh
beijo vagabundo

isabelnurse disse...

olá,
eu outra vez, só para dizer que o encanto da vida depende únicamente das boas amizades que cultivamos!
Obrigada, beijinhos
Isabel

Daniel Aladiah disse...

Bfs Alexandra
Um beijo
Daniel

su disse...

...até F.P. cria na esperança como modo cego de deixar entregue a sua dor da solidão...

Belo texto para ser recordado.

Beijos da Teia.
P.S. Fresta é o nome curioso da aldeia de uma das minhas avós! :)

Tó Luis disse...

Olá Alex...
Ás vezes é preciso dar tempo ao tempo , esperar que emocionalmente tudo serene , claro que ficam marcas mas é um passo para seguir em frente...
A cima de tudo o que está naquela pintura é a emoção de ter vivido aquele momento delicado , tranpôr um dia ou horas dificieis é sempre uma experiência alucinante , já havia algum tempo que queria fazer um Poirrot , agora em que circustância é que não sabia , em fim foi no que deu...THANKS pelo incentivo...Beijos....e já volto...

Tó Luis disse...

Oi Alex...
Bonitas palavras e naturalmente muito sentidas por ti...
Fernando Pessoa ou outro autor qualquer o que interessa é sentir as palavras , vêr imagens nas palavras e deixar que elas mesmo nos penetrem nas nossas almas...
Recebo com satisfação este poema mas ao mesmo tempo fico apreensivo pela profundidade das palavras...
Beijos.....Miuda

Leticia Gabian disse...

Incrível como isso acontece com frequência - Entro num blog e leio exatamente o que o meu momento pede.
Como sempre, PESSOA tira de mim os meus sentimentos e os transforma em palavras.
Beijos pra ti.

RPM disse...

olá amiga!

e a tarde também prometeu....mas adormeci no terraço da minha casa com um sol(inho) bem quentinho....

beijo e boa semana

RPM

Roderick disse...

Olá, olá, amiga.
Lembrei de ti quando estive lá, também.
Voltámos.
Ainda não estou a 100% nem coisa que o valha.
Chegamos quinta feira, mas não estava bem psicologicamente para vir aos blogs.
Tem sido a pouco e pouco.
Em Espanha recebemos uma mensagem de uma Alexandra a dar-nos ânimo.
Ate pensava que tinhas sido tu, mas acho que não te cheguei a dar o nosso número.

Frioleiras disse...

A música, a poesia ... nada de melhor para o intimismo de um Domingo de chuva ....

sem-comentarios disse...

Fernando Pessoa descrevia como ninguém os seus estados de espírito.

:) *** bom inicio de semana

APIUR disse...

Olá Amiga,
Fernando Pessoa...!
Alexandra, não marcar presença n significa andar afastado.
Agradeço as tuas simpáticas palavras pelo aniversário do meu Cultural, pequenino recanto de escrita e cor.
Até breve,
Um beijo,
Rui

de Matos disse...

Magnifico... é Pessoa e nao ha muito mais a dizer...

bjs e boa semana :)

DE PROPOSITO disse...

Dá gosto ler estes poemas. É uma forma de não esquecermos a poesia.
Que fiques bem.
Manuel

Cadinho RoCo disse...

Na palavra do poeta o silencio do meu dizer.
Cadinho RoCo
www.balaiodeminas.com.br

Isa&Luis disse...

Olá menina linda,

adoro Fernando Pessoa!

Uma boa escolha.


jinhos

Isa

Pedro Melo disse...

A foto é absoluta e simplesmente magnifica. O poema... bem... é Pessoa...


Maravilhoso!

Adorei

Alma da Terra disse...

Saudações!
Obrigado por compartilhar um pouquinho de você comigo
::::::::::::::::::::::::::::
Tenha um dia Mágico
Merlin

Luiz Carlos Reis disse...

Sublime e harmonioso...Um estado de espírito lânguido visto das frestas...
Fernando Pessoa é incontestável.
Abraços do Oficina!

su disse...

...aparece sempre que quiseres e a tal crónica é quando puderes se te apetecer. Não há contrato! : )

Um beijo aqui da Teia.

sentidos disse...

Gostei do teu blog...virei mais vezes.
Um sopro sentido

ConchitaMachado disse...

Lindo
Poema de Fernando Pessoa!
- Amo seus Poemas.

Sempre Bem-Vinda,Alexandra

GrandeBeijinho
ConchitaMachado

Paulo Sempre disse...

Também a música deste blogo me "dá" uma grande paz....
Bjs

WALDE disse...

Tuas palavras sao muito bonitas.
Um beijo enorme