quinta-feira, setembro 28, 2006

Divagando ...


Se pudessemos usar uma esfera para ver a vida, mais não veriamos do que um conjunto de linhas conectadas ou não e que mais não são, do que os sonhos que fomos acumulando ao longo da existência. Uns realizaram-se, outros ficaram perdidos nos meandros da memória, outros ainda foram brutalmente interrompidos por um pesadelo que não era esperado.

Haverá retrocesso? Poderemos recuperar o que foi perdido? Teremos a possibilidade de reconquistar algo que ficou esquecido, lá bem no fundo?

Amizades ganhas, amizades perdidas, amores ganhos, amores perdidos para nunca mais recuperar... imagens de quem nos foi querido, mas que mais não são do que fragmentos de memória que não queremos perder a todo o custo, influenciando a nossa actual vivência.

Resta olhar ... ver os pontos de união entre cada linha, perceber o que nos espera durante o percurso desse caminho e aceitar as tantas quebras existentes neste tão grande aglomerado de linhas e pontos, segundo os quais nos vamos guiando!!!

Sometimes I get to feelin
I was back in the old days - long ago
When we were kids, where we were young
Things seemed so perfect - you know?
...
The sun was always shinin' - we just leved for fun
Sometimes it seems like lately - I just don't know
The rest of my life's been - just a show.
...

Excerto de "These Are The Days Of Our Lives" - QUEEN

19 comentários:

antonior disse...

Olá, Alexandra!
Cada momento que vivemos, também é um ponto entre duas linhas, ligando a outros pontos. Uns no passado, outros no futuro. No entanto há que vivê-los, intensamente, e só por si, não os poluindo com as dores e traumas do passado nem com os medos ou expectativas do futuro. Do passado resta retirar ensinamentos e no futuro projectar aplicar o que já sabemos, mas viver, é agora, e construir, resolver, solucionar....e ir em frente, sem medo, de cabeça erguida.

Beijinhos

Luisa disse...

O que ficou para trás jamais se poderá recuperar!

isabelnurse disse...

Huuuuum!
Pois é, o passado não volta, nem amores nem desamores, nem sonhos,eu não acredito na felicidade, apenas em momentos felizes, as amizades, as más ou não amizades partem, fica sempre uma saudade.
Por vezes temos uma segunda chance e temos medo de aproveitá-la, por já nem queremos arriscar.
Sabes o que te digo? neste momento não sei se encontrei a 2ª oportunidade, mas vou tentar, com medo, devagar,com a minha timidez crónica, vou em frente, mas de lágrima no olho, porque tenho tanto medo.
Beijinhos
Isabel

Jo§e disse...

A vida é uma via e sentido único, há que seguir sempre em frente.

Um beijinho

Miguel Monteiro disse...

O Rui pediume para visitar o seu Blogge, eu vim, parei olhei li, reli, chorei, agradeço a Deus que dá a sensibilidade a alguns "especiais", para nos transmitirem tamanhas palavras de amor.......obrigado

Alexandra disse...

Miguel,

obrigado pelas suas palavras. Não considero estar, neste momento, no melhor que poderia dar, mas se o ajuda, a porta estará sempre aberta!

A.J.Faria disse...

Olá, Alexandra!
Pois é, por vezes a nostalgia de olhar o passado faz esquecer as maravilhas do presente.
Bons momentos, e outros menos bons, a vida sempre os terá, o importante é extrair os ensinamentos que estas vivencias nos deixaram.
Bjs

Daniel Aladiah disse...

Querida Alexandra
Acho difícil recuperar elos perdidos, mas tal não é impossível. Viver o agora porque o tempo não pára, nunca, infelizmente...
Um beijo
Daniel

xano disse...

Olá minha cara homónina,

Aprendi, entretanto, que o que se perde é apenas e só o ponto de partida para o (muito) que se tem ainda para ganhar.

Bjs e um bom domingo.

xano

Isa&Luis disse...

Quando se deseja recuperar o tempo que foi é porque não se vive o tempo que é...

Beijos!
Luis

RPM disse...

olá amiga!

será que te referes às linhas das nossas mãos!

um abraço grande

RPM

RPM disse...

OPS....

vi ali uma coisa do meu querido AMIGO Miguel...

Alexandra...não posso dizer mais, mas o miguel é um MANO novo que tenho...

é um gajo muito lindo em todos os aspectos, mas o mais importante é a sua grande sensibilidade.

é um AMIGO que tenho para sempre. Até parece a música AMIGOS para SIEMPRE!

beijo

RPM

Tó Luis disse...

Olá Alex...
Tenho umas horas para estar em cortesias e resolvi visitar uns amigos...

Os melhores sonhos não foram os que podia ter realizado mas sim os que posso a vir a viver mas como sou muito o dia á dia ,prefiro sonhar com presente...

O teu texto está excelente como sempre , tens uma forma muito especial de escrever e não precisas de falar de ti própria para te compreender...
Mando-te um beijinho carregado de simpatia
Tó Luis

maktub disse...

olá, estou a visitar o teu cantinho agora pela primeira vez e estou a gostar muito..voltarei sempre que possa...
penso que muitas vezes achamos que perdemos algo só porque acabou, mas o que realmente aconteceu, é que essa experiência serve para nos tornar mais fortes e para nos preparara para outras experiências que sem esse desaire talvez deixaríamos passar...
nada é por acaso ... fica bem
bjs

pensamentos_vagabundos disse...

tão bom ser nostalgico...
beijo vagabundo

Cadinho RoCo disse...

Quanto mais procuro ver o futuro, menos enxergo o presente. Mas diante do agora, o que é presente e futuro?
Cadinho RoCo
www.balaiodeminas.com.br

Maria P. disse...

Começa a sentir a ausência...:)

Beijinho.

Å®t_Øf_£övë disse...

Alexandra,
A vida é feita de momentos, e cada momento é um ponto, e ao fim de muitos pontos em sequência temos uma linha... a linha da nossa vida. Mas deixa-me que te diga, que temos sempre que acreditar que tudo é possível, que todos os sonhos se podem realizar, porque se assim não fôr, esses sonhos podem tornar-se em ilusões, e por não terem sido vividos acabam por se transformar em verdadeiros pesadelos.
Bjo.

o alquimista disse...

Um dia verás no panteon da memória todos os teus anseios expressos hoje...um dia...


Doce beijo