sábado, fevereiro 10, 2007

Pintura de Noronha da Costa
"Sempre que uma mente se abre a uma ideia nova, nunca mais volta ao estado inicial"
Einstein

8 comentários:

Anónimo disse...

"Sempre que uma peida se abre a uma (...) nova, nunca mais volta ao estado inicial"

José Castelo Branco

RPM disse...

olá Alexandra!

um bom domingo de descanso!

beijo de amizade

RPM

Isabel José António disse...

Cara Amiga Alexandra,

É assim exactamente. Ascende-se a um novo estado de vibração de energia. As partículas subatómicas que existem nessa nova dimensão unir-se-ão para sempre com aquelas que vibram na nossa mente e interagem com elas qualquer que seja a distância a que se encontrem.

Se quiser vir visitar-nos acabámos de comeeçar um novo blogue, ao qual poderá aceder através do nosso "View my Profile" o qual tem o nome de "O Caminho do Coração-Reflexões Espirituais".

Um grande abraço e um bom resto de fim de semana.

José António

Anónimo disse...

estranho quadro. original no minimo. as melhoras mana

mjose disse...

Curioso quadro - Interessante esses pontos que dão luz no lugar do coração e ao espaço envolvente. Da escuridão por vezes surge essa claridade!

**
Adicionei-te no meu espaço. Espero que não te incomode.

**
Uma mente aberta a ideias novas, está predisposta a evoluir, a "crescer".

Um beijo,

Bruxinhachellot disse...

Se persistir na idéia não há retorno, mas caso seja abandonada, pode-se retornar para que seja concebida novas idéias.

Beijos de luz.

Diafragma disse...

Einstein, o mais humanista dos físicos.

ps: sempre me intrigou o que estará por detrás das permanentes neblinas do Nogueira da Costa, e penso que isso deve dar para um Tratado de psicologia...
David Hamilton, um famosíssimo fotógrafo dos anos 70 creio, cultivava o mesmo tipo de técnica só que em vez de neblina eram véus translúcidos. Ver por expl.
http://web.chi.es/isidro/fotografia/retratos/hamilton_01.htm

Maria P. disse...

...será?!

A imagem espectacular!

Beijinho*