terça-feira, fevereiro 06, 2007

Sonho/ Realidade

Salvador Dali, O sonho
Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
Àparte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
(Álvaro de Campos)

11 comentários:

redonda disse...

Muito bonito a imagem e as palavras.
PS Estou com dificuldades em comentar em alguns blogues e um anterior comentário que tentei fazer aqui não consegui. Vamos a ver se consigo este...
Um beijinho

david santos disse...

Olá!
Espectacular.
Parabéns.

Pluma(princesavirtual) disse...

Identifico-me com a ultima frase... apenas essa pq sou mais que nada :)

Beijos Alexandra

Diafragma disse...

Pois, eu percebo o Álvaro de Campos, mas estou como a Pluma pois de facto sou um bocadinho mais que nada.
De resto acho o "desabafo" lindíssimo, e a escolha da imagem está sensacional.

Isabel José António disse...

Olá Alexandra,

Muito bem "postado" este "post" (passe a redundância ou o plenonasmo).

Se todos percebessemos que O NADA e o TUDO são a "cara e a coroa" do único TODO. Que segundo a Física Quântica (e os Grandes Mestres da Humanidade de todos os tempos já o sabiam)nesse NADA que tem todas as pontecialidades tudo é gerado como se o Universo fosse um pensamento mental que dá origem a TUDO.

E que os humanos temos em nós quer o microcosmos quer o macrocosmos. Apenas a ignorância e os condicionamentos (tantos) nos impedem de ter acesso e viver como se fossemos um só.

E o Álvaro de Campos sabia disto tudo. E o Alberto Caeiro também sabia. E mesmo o Fernando Pessoa.

Muitos parabéns pela via através da qual tem optado para fazer muitos posts.

Um grande abraço

José António

Isa&Luis disse...

Olá amiga,
Um quadro perfeito, imagem e palavras em sintonia.

Beijinhos muitos para ti

Isa

Tó Luis disse...

Olá Alex…

Cada vez que entras na Galeria, abre-se uma janela e o sol entra com mais força, como um raio de “ Mil Abraços “…É Bom.
Obrigado Alex…

É Engraçado que por vezes sem querer criar uma pintura com um grau elevado em originalidade, ela pode acontecer, porque dos sonhos tudo pode acontecer…ou nada mesmo acontecer…considero que foi de alguma dificuldade extra realiza-la, até pela forma de transpor uma imagem do inconsciente para o consciente…
Dali foi uma boa escolha...Um grande sonhador, tenho acerteza que muitas de suas pinturas partiram de...sonhos...e que sonhos.
Bjs Alex.

TINTA PERMANENTE disse...

Nunca os tinha associado; mas parecem-me (bem) talhados: Pessoa e Dali...
abraço!

Daniel Aladiah disse...

Aprecio imenso esta atitude.
Um beijo
Daniel

Maria P. disse...

Realmente a mistura de génios foi fantástica!


Um beijinho*

salexia disse...

Da junção esta tudo dito...da mensagem algumas coisas ficaram por dizer...porque os sonhos nem sempre se partilham:)
Beijos