sábado, julho 14, 2007

~~~~~~

Disse-me quem viu, que Maria João Pires tinha a característica de "pairar" enquanto tocava quando comparada com outros pianistas. Descobri que assim era de tanto a ouvir/ver a ela e a outros que me foram oferecidos por quem tinha tanta sabedoria!

"Embrulhem-se" porque é LINDO!

13 comentários:

John Lemmos disse...

Olá Alexandra
Embora goste (às vezes) não é muito a minha preferência musical.
Não me vou "embrulhar" porque está muito calor :-)

Bom fim de semana

**beijo**

Maria Valadas disse...

Não me embrulhei... Mas deixei- me
envolver por este momento mágico que partilhas aqui.

Bom fim de semana

Beijos da

Maria

Å®t_Øf_£övë disse...

Alexandra,
Gosto de desgosto com gosto... e especialmente hoje gostava que passasses no "About Last Night"...
Bjo.

Maria P. disse...

É lindo.

Eu "fugi". Ontem todo o dia a fotografar.

Beijinho*

redonda disse...

Não sabia dessa característica de "pairar". A ideia como a música, é muito bonita.

alexia disse...

Um dia ainda vou "pirilampar" embrulhada numa sonoridade destas :)

beijo

cõllybry disse...

Momento envolvente, é poesia com som...

Bjca doce

Mocho Falante disse...

Ora viva...excelente escolha de muito bom gosto de facto, para mim os "seus" nocturnos são deliciosos de nos fazer beijar o céu

beijocas

Pedro Arunca disse...

Gostava de conseguir traduzir em palavras os três bê´s (bom, belo e bonito) que o "No.1 in B flat minor, op.9 no.1: Larghetto" Nocturnes de Chopin me despertam. Dedos de talento que me tocam na alma.

Fique bem e .....boa música.
Pa

Anónimo disse...

Olá Alexandra,
absolutamente genial.
Bj
isabel Telles

a.h. disse...

Olá Alexandra,
Muito embora eu seja a pessoa menos indicada para comentar estas tuas palavras :)
Sim... é verdade mesmo!!!
Deixa-me confidenciar-te que essa leveza se sente também no sorriso e no abraço...
Do lado de cá, no dia -a-dia...
Por isso as palavras que escrevi um dia desses, mesmo sem ter entrado em pormenores!
Tive o privilégio de estar naquela sala muitas vezes(a k está no vídeo do meu post).
Ouvi de novo é um prazer redobrado.
Obrigada.
Boa semana,
Beijinhos

carteiro disse...

Lindíssimo. Eu gosto tanto desta interpretação!
Os grandes poemas podem ser lidos de mil e uma maneiras mas encontramos sempre uma (ou um pouco mais) que nos toca acima das outras.
Não conheço muitas interpretações dos concertos para piano de Mozart mas quanto às suas sonatas para piano, as leituras da Maria João Pires são as minhas favoritas.

triliti star disse...

Sim, é lindo.
Obrigado por no-lo ofereceres.